quarta-feira, 1 de abril de 2009

Utilidade Pública - Secretária de Saúde de Crato esclarece críticas à Saúde no Município

Em entrevista concedida ao Blog do Crato nesta tarde de Quarta-Feira, a Secretária de Saúde Nizete Tavares faz um esclarecimento à população acerca de vários pontos em que tem sido criticada nos últimos dias por alguns setores da imprensa e sindicalistas.

Alguns pontos altos da entrevista:

N.T
"Nós não estamos vivendo uma crise de saúde no Crato. A secretaria de saúde do Crato tem buscado no seu dia-a-dia desempenhar da melhor maneira possível todos os serviços prestados à população. Infelizmente, nós temos um problema que não é do município do Crato. É um problema que podemos dizer que é do Ceará e do Brasil, da falta do profissional médico. Então essas estórias que estão surgindo de que o Crato não tem médico por conta do salário, isso não é verdade. Os salários dos municípios que são nossos vizinhos, o salário de um médico é o mesmo pago nos municípios vizinhos. Os municípios que pagam um valor maior são os municípios de pequeno porte que recebem também do ministério da saúde um repasse maior. Mas o Crato tem o mesmo salário equivalente a Juazeiro, Barbalha, então, isso não é verdade! E a falta de médicos não é só no Crato. Inclusive, a imprensa poderia estender a visita aos outros municípios da região para constatar o que eu estou dizendo, e nós enquanto secretários temos tido várias reuniões e isso é uma preocupação dos secretários da dificuldade que temos tido na questão do profissional, do médico."

N.T
"A Saúde no Crato está funcionando bem, nossos indicadores de saúde mostram isso, nós temos aí um trabalho bastante efetivo que estamos realizando nesse ano de combate á dengue, temos uma taxa de mortalidade materna que reduziu significativamente na nossa gestão, os indicadores de imunização..."

N.T
"Isso não é ( só ) um problema do município do Crato, isso é um problema do País"

B.C - E a que você atribui toda essa celeuma em torno da chamada crise da saúde no Crato ? Porque essa exploração em alguns setores da imprensa exatamente em cima dessas coisas todas justamente agora ?

N.T
"Infelizmente eu não sei te dizer, eu não conheço as pessoas, inclusive saiu em alguns jornais dizendo que as pessoas me procuraram e teria me negado a dar entrevista... ISSO NÃO É VERDADE ! - tá certo ? todos os canais de televisão, a imprensa falada, escrita que me procura, eu estou aberta para atender, para receber, para prestar informação que se fizer necessária. Eu só não concordo é em eu falar uma coisa e a imprensa colocar outra. Isso eu não concordo !"

Para ouvir a entrevista na íntegra, clique no player abaixo:



Fonte: Matéria publicada no site www.blogdocrato.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário