quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

CRATO - Notícias do Dia 10 de Fevereiro de 2011

http://farm3.static.flickr.com/2474/3986624292_1cddfa3b9f_o.gif


Prefeito Samuel Araripe mobiliza poderes na execução da obra do Canal do Rio Grangeiro

O prefeito do Crato, Samuel Araripe, esteve acompanhando, durante a manhã de ontem, a Comissão das Enchentes, formada por sete deputados estaduais. Os parlamentares vieram ao município avaliar os prejuízos causados pelas enchentes, registrados com maior intensidade no último dia 28 de janeiro, numa chuva de 162 milímetros, que inundou parte do centro da cidade e atingiu a área comercial. O prefeito, no dia anterior, na segunda-feira, esteve em Brasília, participando de audiência, com o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, no intuito de solicitar recursos para reconstrução do Canal do Rio Grangeiro. Foi solicitado, inicialmente, até como forma preventiva, um plano emergencial, que até a próxima semana, segundo Samuel Araripe, estará pronto.

O prefeito destacou a disponibilidade do governo federal em auxiliar nesse momento, até que um plano definitivo seja desenvolvido, para que a cidade não venha vivenciar problemas relacionados às cheias do canal e enchentes no futuro. A comissão visitou, além de Crato, outros municípios da região, como Juazeiro do Norte, Lavras da Mangabeira e Icó.

Prefeito destaca a importância da união dos líderes locais

Samuel Araripe destacou a importância de todos os parlamentares e líderes locais se unirem em defesa do Crato. O deputado Ely Aguiar disse que a principal motivação para que a comissão fosse formada partiu da situação de catástrofe enfrentada pelo Crato. Já o deputado Nelson Martins, integrante da Comissão, disse que de todas as cidades visitadas o Crato é o município que se encontra numa situação mais difícil, pelos estragos causados. O deputado Francisco Pinheiro afirma que o relatório será apresentado na Assembléia e ao Governador do estado, Cid Gomes. O objetivo, conforme o presidente da Comissão, Ely Aguiar, é sugerir que sejam liberados recursos de forma urgente para as cidades atingidas.

“Não adianta apanhar o leite derramado”, diz o prefeito em relação aos equívocos da obra do canal

O prefeito do Crato ressaltou o trabalho conjunto que deve ser feito em favor do Crato, com a parceria da Câmara de Vereadores, Assembléia Legislativa e Congresso Nacional e o poder executivo, nas três instâncias, que nesse momento, conforme Samuel, precisam de muita calma, tranqüilidade e também profissionalismo. “O problema é grave e quem está em risco é a população do Crato e precisamos urgentemente dar as mãos e fazer a coisa como manda o figurino”, alerta. Ele diz que a responsabilidade com a obra do canal vem há mais de cinqüenta anos, desde que foi iniciada de forma equivocada na cidade, sem os cálculos devidos que a engenharia requer. “Não adianta apanhar o leite derramado. É dar as mãos, os poderes constituídos, e ir atrás dos recursos para a prática e é isso que queremos”, completa. O prefeito entregou ao presidente da Comissão, Ely Aguiar e todos os deputados, um relatório sobre os danos causados e projeto do canal. O município se encontra em situação de emergência.

Prefeito solicita apoio federal e participa de reunião com Ministro do governo Dilma

Na reunião como o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, também participaram, além do prefeito do Crato, o presidente da SAAEC, Procópio da Silveira, os deputados federais, Arnon Bezerra e Raimundo Macedo, além do vice-governador, Domingos Filho, deputado Sineval Roque, e o secretário das Cidades, Camilo Santana. O prefeito afirmou que o ministro se propôs a ajudar a cidade, inicialmente, com o plano de emergência, e também numa obra definitiva do canal. Para isso, segundo Samuel, estão sendo realizados levantamentos para a concretização de um plano emergencial até a próxima semana.

Relatório será apresentado a Cid Gomes com sugestão de investimentos imediatos

O relator da comissão, deputado Francisco Pinheiro, disse que logo que o governador Cid Gomes, retorne de sua viagem ao exterior, a comissão fará uma apresentação do que pôde verificar nos locais das tragédias, para que ações emergenciais sejam iniciadas o mais rápido possível e sejam liberados recursos para esses serviços. Ele afirma que, antes disso, será feita apresentação do relatório na Assembléia Legislativa, do que foi visto nos municípios visitados. O deputado estadual Nelson Martins, destacou a importância do trabalho da comissão e disse que a situação, principalmente do município do Crato, é muito pior, com muitos estragos e situação iminente de desabamento. O relator afirma que a finalidade, além de avaliar ‘in loco’, é fazer um relato circunstanciado da situação dos quatro municípios e tentar junto aos governos estadual e federal, apressar a vinda de técnicos e verbas para recuperar a situação de emergência das cidades. “Na verdade, o governo já está agindo nessas áreas e vamos somar mais ainda”, diz ele, ao acrescentar os serviços que vêm sendo desenvolvido por meio do DER, nas áreas atingidas.

O Crato é a cidade mais afetada da região, e segundo o presidente da Comissão, deputado estadual Ely Aguiar, motivou a criação da comissão. A cidade prepara um plano emergencial para minimizar os principais problemas e sirva de medida preventiva de outras catástrofes, até que seja realizado o projeto definitivo do Canal do Rio Grangeiro.

Equipe termina visita com apresentação de relatório sobre danos na Prefeitura Municipal

A equipe também esteve acompanhada de secretários de governo e técnicos do Departamento de Edificações e Rodovias (DER), Defesa Civil do Estado e Municípios e integrantes do Corpo de Bombeiros. Em Crato, a principal área visitada foi a parte mais atingida do Canal do Rio Grangeiro, concluindo os trabalhos com uma reunião na Pprefeitura Municipal do Crato. No local, foi apresentado pelo Secretário de Meio Ambiente da cidade, Nivaldo Soares, várias lâminas com fotografias sobre as principais áreas atingidas pelas cheias do canal. O presidente da Comissão, Ely Aguiar afirma que, após a elaboração do relatório com a colaboração de órgãos técnicos e as administrações municipais, será sugerido no próprio documento a liberação urgente de recursos, pelo menos para a situação emergencial.

Saúde disponibiliza vacinas contra a Hepatite B

A Secretaria de Saúde de Crato, através do setor de Imunização, informa que continua com a vacinação contra Hepatite B, nas faixas etárias de 11a 19 anos de idade e de acordo com as Normas do Ministério da Saúde foi ampliada a oferta da vacina para as faixas de 20 a 24 anos de idade. A Hepatite B é uma doença infecciosa, viral e é responsável por grande número de casos de cirrose hepática e carcinoma hepático,em conseqüência de infecção crônica. Estão sendo realizadas ações de divulgação, atividades de intensificação vacinal, nos estabelecimentos comerciais, escolas e busca ativa dos faltosos nas comunidades junto às equipes do PSF. A vacina é o meio mais eficaz contra a Hepatite B e se encontra disponível em todos os postos de saúde do município do Crato.



Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal do Crato
www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário